Consultas: 71 3036-4040 | 71 3036-4141

Rinossinusite

A rinossinusite aguda, popularmente conhecida como sinusite, é um processo inflamatório da mucosa que reveste as cavidades nasais e seios paranasais, com duração inferior a 04 semanas de evolução. Ela ocorre, geralmente, após uma infecção viral das vias aéreas superiores (gripe ou resfriado) ou após uma inflamação alérgica (crise de rinite). Estima-se que cerca de 80% das rinossinusites agudas ocorram após uma infecção viral e, destas, 0,5 a 2% apresentam evolução para sinusite bacteriana. Uma das grandes dificuldades na prática médica é saber identificar o momento em que este processo inflamatório tem infecção bacteriana e necessita de introdução de antibióticos para o tratamento.

Existem riscos atrelados a estes quadros, pois os seios paranasais têm íntima relação com a base do crânio e órbita, podendo migrar bactérias para estas estruturas. Seu tratamento adequado visa evitar complicações nas meninges (meningite), no tecido cerebral (abscessos cerebrais, tromboflebites, etc) e visuais (celulite periorbitária). O diagnóstico se faz por uma coleta adequada da história clinica, exame físico e exames complementares, quando necessários. As pessoas devem ficar atentas para o tempo de evolução da doença e as formas como os sintomas se apresentam. Se uma gripe ou resfriado pioram abruptamente entre o quinto e o sétimo dias ou sua evolução ultrapassa 10 dias, devem ficar atentas e procurar um especialista. O tratamento traz não só conforto em relação aos sintomas, mas, sobretudo, evita o risco de um problema maior.